1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Critérios das Condições de Participação do Aluno

Inscrições: de 16 a 25 de agosto de 2017

  • Ser aluno regularmente matriculado em um curso da FATEC-Indaiatuba e possuir, no máximo, duas (02) Dependências Escolares (DP) por nota;
  • No início do projeto de Iniciação Científica, o aluno deverá estar cursando a partir do segundo semestre, e não poderá estar cursando o último semestre do curso; 
  • O aluno deverá ter disponibilidade horária para o desenvolvimento do projeto.
  • Encaminhar o currículo vitae ao professor responsável pelo projeto.
  • Possuir disponibilidade horária para execução das atividades estabelecidas no cronograma do projeto de pesquisa.
  • Evidenciar motivação e interesse para ingressar em carreira científica tecnológica. 
Após aprovação no processo de seleção,o aluno deverá
I. Elaborar, semestralmente, relatórios de atividades desenvolvidas e encaminhá-los ao professor orientador que servirão como subsídios para elaboração dos relatórios parciais e finais do projeto de pesquisa.
II.  Apresentar, caso aprovado, os resultados de pesquisa em congressos, seminários sobre Iniciação Científico-Tecnológico.
III. Colaborar na organização da Semana de Iniciação Científico-Tecnológico (da própria FATEC-Indaiatuba), Feira Tecnológica do Centro Paula Souza, entre outros.
IV. Executar o cronograma pré-determinado no projeto de pesquisa.
V. Apresentar os relatórios parciais e finais conforme modelo aprovado pela Congregação e pelo Comitê de Pesquisa de Iniciação Científico-Tecnológico (CPICT), conforme publicado em Edital da FATEC-Indaiatuba.
VI. Transformar os resultados de pesquisa em artigos científicos, a serem submetidos a revistas científicas e, eventualmente, à Revista Reverte da FATEC-Indaiatuba.
VII. Encontrar-se, regularmente, com o professor orientador a fim de receber orientações sobre as distintas fases da pesquisa.
VIII.  Apresentar, obrigatoriamente, o relatório final, após 30 dias após o término da vigência da pesquisa.
 
No tocante às Bolsas de Estudo
Os alunos participantes do Programa de Iniciação Científica-Tecnológica da Faculdade de Tecnologia de Indaiatuba (FATEC-Indaiatuba), inicialmente, farão parte do projeto de acordo com o Programa de Iniciação Voluntária (PIVIC), que corresponde à participação no projeto sem bolsa remunerada.
O aluno poderá participar se aprovado, das seguintes parcerias de Bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica, de acordo com as respectivas oportunidades:
  • Bolsas PIBITI – CNPq – Edital Interno PIBITI 2016/2017 – Centro Paula Souza.
  • Bolsas Parceria FATEC(ID) – Empresa
Para este semestre, a partir do V Edital do Processo de Seleção, foram selecionados 8 projetos de Iniciação Científica e Tecnológica apresentados a seguir:

1) “Semiótica discursiva em cursos tecnológicos: uma abordagem teórico-metodológica no ensino de Língua Portuguesa”

Professor-Orientador: Prof. Dra. Rosana Helena Nunes
Resumo do Projeto: Este projeto tem por objetivo mostrar a forma pela qual a Língua Portuguesa, tendo como ferramenta de trabalho a Semiótica Discursiva associada à Teoria do Discurso, poderá contribuir com o aprendizado em leitura e escrita acadêmicas. Ao chegar ao meio acadêmico, por vezes, o aluno traz certas dificuldades no que diz respeito à leitura e escrita de textos de cunho científico. Pensar um ensino tecnológico em que haja condições de maior aprimoramento da escrita acadêmica, é considerar que esse ensino representará um salto epistemológico em relação a diferentes possibilidades de inserção do acadêmico, não apenas no mercado de trabalho, mas sim no mundo do trabalho. Com efeito, a Semiótica corresponde a uma forma de levar o aluno maior aprofundamento em leitura e escrita. À luz de estudos desenvolvidos por A J. Greimas & J. Courtés (1979) e M. Bakhtin (1979), o projeto pretende dar avanço ao trabalho com a linguagem científica.  
 

2) “Aplicações da Internet das Coisas no ensino tecnológico da Logística na Faculdade de Tecnologia de Indaiatuba: Projeto Logislab”

Professor-Orientador: Prof. Ms.Reinaldo Toso Júnior
Resumo: Este projeto apresenta uma proposta de estudos dirigidos à uma aplicação com maquetes como objeto em laboratório controlado. As atividades serão realizadas no LOGISLAB e serão feitas a partir do conceito da Internet das coisas. O problema apresentado foi em como compor atividades práticas com uma maquete e o ensino da logística e com isso discutir a Indústria 4.0. A pesquisa tem por objetivo o estudo e a realização de aplicações tecnológicas na maquete que simula uma cadeia de suprimentos, Projeto Logislab, de pequenas automações conceituais envolvendo as TICs (Tecnologias da Informação e Comunicação) trabalhando-se de forma objetiva co m micro controladores e redes de computadores. A justificativa para este projeto é o fato de que o ambiente empresarial ser transdisciplinar e contrasta com o mundo acadêmico segmentado. A hipótese é que a melhoria do ensino resulte de situações-problema que tragam para dentro da sala de aula assuntos da atualidade de maneira lúdica e com foco na tecnologia e assim melhorar o ensino por meio de um aprendizado mais dirigido dentro da temática de projetos. E o resultado é melhorar o ensino. A metodologia será de pesquisa-ação na construção de soluções e pesquisa exploratória para entender os conceitos envolvidos, tudo amparado como projeto. Como resultado deseja-se tornar o processo de ensino mais eficaz, que o aluno compreenda a indústria 4.0, como a internet das coisas e a realidade aumentada moldarão os próximos passos dos mercados globais por meio do aprendizado de conceitos e a demonstração destes conceitos. A duração é de dois e poderá comportar até quatro alunos diretamente no projeto por professor e até dois professores. 
 

3) “Estudo de ferramentas para design e modelagem de Sistema de Serviço”

Professor-Orientador: Prof. Dr. Valter Castelhano de Oliveira e Profa. Ms. Rafaeli Cardozo Modolo
Resumo do Projeto: O processo de automação desencadeado tanto no setor primário (agrícola) como no setor secundário (industrial), e fortemente explorado nos dias atuais, resultou na alavancagem do setor terciário (serviço), embora no século XX os processos automatizados tenham marcado mais presença no setor secundário. Entretanto, os processos associados aos serviços (setor terciário) também dependem da automação para o consequente aumento de escala e qualidade dos serviços, mas carecem de um avanço na modelagem e design dos sistemas que compõem os serviços. O objetivo deste projeto de pesquisa é estudar sobre modelagem e ferramentas de suporte ao design de sistema de serviço, buscando elaboração de material de apoio ao estudo e utilização do ambiente de modelagem Enterprise Architect e do framework SOMF, com aplicação a estudo de caso na área de serviços de pós-venda de equipamentos agrícolas.
 

4) “Mapeamento do uso da língua inglesa no eixo tecnológico Segurança na Educação Profissional Tecnológica”

Professor-Orientador: Profa. Dra. Magali Barçante
Resumo do Projeto: O Projeto Mapeamento do uso da língua estrangeira para a organização curricular dos diferentes cursos pertencentes aos eixos tecnológicos da Educação Profissional busca investigar o uso e necessidades da língua estrangeira por profissionais que atuam nas diferentes áreas pertencentes aos eixos tecnológicos da EPT com a finalidade de aplicá-las na organização curricular da língua estrangeira nesse contexto e na preparação de materiais didáticos, no qual este Projeto de Iniciação Científica se insere. Tem como objetivo desenhar a base mínima de competências em língua inglesa que possa atender aos tecnólogos e técnicos do eixo Segurança.
 

5) “Sobrevivência em tempos de crise: estratégias empresariais nas pequenas e micro empresas familiares na cidade de Indaiatuba/SP”

Professor-Orientador: Prof. Ms. Rogério Antonio Alves
Resumo do Projeto: Considerando o papel que este segmento organizacional exerce na economia nacional, pois funciona como alternativa para uma pequena parcela da população brasileira em constituir seu próprio negócio e, ao mesmo tempo, como alternativa de emprego formal para uma grande parcela da população, este estudo tem como objetivo analisar o processo de formação de estratégias e sua associação com o desempenho de micro e pequenas empresas, a partir da percepção de seus dirigentes, para tal, serão estudadas empresas familiares urbanas categorizadas como MPE’s no município de Indaiatuba-SP. Com isso, o objetivo do presente projeto é realizar um estudo das estratégias empresariais das micro e pequenas empresas familiares que se encontram na cidade Indaiatuba – SP.
 

6) “Mapeamento do uso da língua inglesa no eixo tecnológico Militar na Educação Profissional Tecnológica”

Professor-Orientador: Profa. Dra. Magali Barçante
Resumo do Projeto: Cabe dizer que o mapeamento dos demais eixos do CNCST e do CNCT vem vendo desenvolvido pelo grupo de pesquisa que integro, intitulado Ensino de Línguas na Educação Profissional e Tecnológica (Grupo ELEPT), credenciado pelo CNPq, que tem como objetivo maior estudar o processo de ensino e aprendizagem da língua estrangeira em diferentes níveis e modalidades de ensino e nos mais diversos eixos tecnológicos da EPT. O Projeto Mapeamento do uso da língua estrangeira para a organização curricular dos diferentes cursos pertencentes aos eixos tecnológicos da Educação Profissional busca investigar o uso e necessidades da língua estrangeira por profissionais que atuam nas diferentes áreas pertencentes aos eixos tecnológicos da EPT com a finalidade de aplicá-las na organização curricular da língua estrangeira nesse contexto e na preparação de materiais didáticos, no qual este Projeto de Iniciação Científica se insere. Tem como objetivo desenhar a base mínima de competências em língua inglesa que possa atender aos tecnólogos e técnicos do eixo Militar.
 

7) “Sistemas de negociação automatizada na Bolsa de Valores: estudo das potencialidades e possibilidades de aplicação”

Professor-Orientador: Profa. Ms. Michel Moron Munhoz
Resumo do Projeto: De acordo com Ministério do Desenvolvimento (s.d.) o ano de 2008 foi marcado pelo agravamento da crise financeira mundial, iniciada em 2007 a partir de problemas enfrentados pelo sistema financeiro americano em seu mercado de hipotecas imobiliárias. O colapso do sistema de crédito interbancário americano espalhou-se por todo o sistema financeiro internacional, desencadeando uma crise econômica internacional. Como consequência, várias economias mundiais entraram em recessão. Com a economia mundial se recuperando gradativamente a partir de 2011, as empresas de pequeno, médio e grande porte ao redor de todo o mundo têm obtido mais lucros no mercado, do que já se teve antes. Empresas de diversas áreas estão ascendendo, segundo Maggi (2013) sendo as principais áreas: saúde, educação, tecnologia da informação e comunicação (TIC) e engenharia. Nesse sentido, as perguntas que pretendemos responder são as seguintes: Qual o momento correto de comprar e vender um ativo para explorar o máximo de sua lucratividade? Em quais situações econômicas e políticas é interessante negociar na bolsa de valores ao invés de manter os investimentos em renda fixa? Como um algoritmo de negociações automatizadas pode detectar que o mercado está sofrendo de manipulações externas (além das tradicionais oferta e procura)? Sabendo que os algoritmos adotados são estáticos, como podemos detectar o momento correto de chavear tendências? Assim, o objetivo da presente pesquisa é criar um robô capaz de trazer o retorno superior a renda fixa, identificar tendências de mercado de modo a obter o máximo de lucratividade durante sua operação. 
 
 

8) “Análise da empregabilidade dos alunos da Faculdade de Tecnologia de Indaiatuba frente às demandas do mercado de trabalho da região” 

Professor-Orientador: Profa. Dra. Elisiane Sartori Menezes Garcia
Resumo do Projeto: As transformações do mundo do trabalho vêm ganhando cada vez mais força com a reorganização do sistema produtivo. O novo padrão de produção baseado na microeletrônica e na Tecnologia da Informação (TI) trouxe consigo várias demandas ao trabalhador no concernente ao desenvolvimento de conhecimentos e habilidades inerentes ao seu ambiente organizacional. Desse cenário, surge o termo empregabilidade, que diz respeito à habilidade do ser humano em se inserir no mercado de trabalho e permanecer nele. Emerge, então, esse novo profissional que carece de estratégias que lhe possibilite buscar o conhecimento exigido pelas organizações. Nesse sentido, a partir da análise do mercado de trabalho do município de Indaiatuba/SP, por meio de um diagnóstico descritivo-estatistico, em especial do segmento etário dos trabalhadores jovens, é que se enquadra a presente pesquisa.Diante essa perspectiva, o objetivo da presente pesquisa é identificar o grau de empregabilidade dos alunos egressos dos cursos de gestão empresarial e de comércio exterior da Fatec-Indaiatuba e, com isso, analisar os tipos de ocupações exercidas pelos mesmos e se estão relacionadas à sua formação acadêmica, além disso, sistematizar um desenho da oferta de emprego da Indaiatuba, notadamente no que se refere à identificação das dinâmicas de criação e oportunidades de ocupação no mercado de trabalho formal, a partir do corte analítico setorial e subsetorial, apontando os rumos do emprego e renda da região de Indaiatuba/SP. Quanto aos procedimentos metodológicos, inicialmente, farão parte da pesquisa, levantamento bibliográfico sobre os seus principais temas: mercado de trabalho, empregabilidade, formação profissional. Num segundo momento, será realizado um mapeamento do mercado de trabalho da região de Indaiatuba, a partir da coleta de dados estatísticos do Ministério do Trabalho e, devido o caráter exploratório da pesquisa, será realizada uma abordagem de corte setorial e ocupacional. Nossa expectativa dos resultados é adequar os discentes às expectativas do mercado de trabalho, além de permitir à própria comunidade acadêmica (alunos e professores) e às empresas, que conheçam os determinantes de emprego e renda da Região de Indaiatuba, bem como o grau de empregabilidade dos alunos egressos, tendo em vista a formação educacional adquirida na Fatec-Indaiatuba.